7 Eis que clamo: Violência! mas não sou ouvido; grito: Socorro! mas não há justiça.