108 Aceita, Senhor, eu te rogo, as oferendas volunt├írias da minha boca, e ensina-me as tuas ordenan├žas.