31 “Suponhamos que um homem diga a Deus:‘Sou culpado, mas não vou mais pecar.