7 Lembra-te, ó Deus, de que a minha vida não passa de um sopro;meus olhos jamais tornarão a ver a felicidade.