23 E debaixo do firmamento estavam as suas asas direitas, uma em direção � outra; cada um tinha duas que lhe cobriam o corpo dum lado, e cada um tinha outras duas que o cobriam doutro lado.