47 Lembra-te de quão breves são os meus dias; de quão efêmeros criaste todos os filhos dos homens!