Números 1; Números 2; Marcos 3:1-19

1 Falou o Senhor a Moisés no deserto de Sinai, na tenda da revelação, no primeiro dia do segundo mês, no segundo ano depois da saída dos filhos de Israel da terra do Egito, dizendo: 2 Tomai a soma de toda a congregação dos filhos de Israel, segundo as suas famílias, segundo as casas de seus pais, conforme o número dos nomes de todo homem, cabeça por cabeça; 3 os da idade de vinte anos para cima, isto é, todos os que em Israel podem sair � guerra, a esses contareis segundo os seus exércitos, tu e Arão. 4 Estará convosco de cada tribo um homem que seja cabeça da casa de seus pais. 5 Estes, pois, são os nomes dos homens que vos assistirão: de Rúben Elizur, filho de Sedeur; 6 de Simeão, Selumiel, filho de Zurisadai; 7 de Judá, Nasom, filho de Aminadabe; 8 de Issacar, Netanel, filho de Zuar; 9 de Zebulom, Eliabe, filho de Helom; 10 dos filhos de José: de Efraim, Elisama, filho de Amiúde; de Manassés, Gamaliel, filho de Pedazur; 11 de Benjamim, Abidã, filho de Gideôni; 12 de Dã, Aizer, filho de Amisadai; 13 de Aser, Pagiel, filho de Ocrã; 14 de Gade, Eliasafe, filho de o Deuel; 15 de Naftali, Airá, Filho de Enã. 16 São esses os que foram chamados da congregação, os príncipes das tribos de seus pais, os cabeças dos milhares de Israel. 17 Então tomaram Moisés e Arão a esses homens que são designados por nome; 18 e, tendo ajuntado toda a congregação no primeiro dia do segundo mês, declararam a linhagem deles segundo as suas familias, segundo as casas de seus pais, conforme o número dos nomes dos de vinte anos para cima, cabeça por cabeça; 19 como o Senhor ordenara a Moisés, assim este os contou no deserto de Sinai. 20 Os filhos de Rúben o primogênito de Israel, as suas gerações, pelas suas famílias, segundo as casas de seus pais, conforme o número dos nomes, cabeça por cabeça, todo homem de vinte anos para cima, todos os que podiam sair � guerra, 21 os que foram contados deles, da tribo de Rúben eram quarenta e seis mil e quinhentos. 22 Dos filhos de Simeão, as suas gerações, pelas suas famílias, segundo as casas de seus pais, conforme o número dos nomes, cabeça por cabeça, todo homem de vinte anos para cima, todos os que podiam sair � guerra, 23 os que foram contados deles, da tribo de Simeão, eram cinqüenta e nove mil e trezentos. 24 Dos filhos de Gade, as suas gerações, pelas suas famílias, segundo as casas de seus pais, conforme o número dos nomes dos de vinte anos para cima, todos os que podiam sair a guerra, 25 os que foram contados deles, da tribo de Gade, eram quarenta e cinco mil seiscentos e cinqüenta. 26 Dos filhos de Judá, as suas gerações, pelas suas famílias, segundo as casas de seus pais, conforme o número dos nomes dos de vinte anos para cima, todos os que podiam sair a guerra, 27 os que foram contados deles, da tribo de Judá, eram setenta e quatro mil e seiscentos. 28 Dos filhos de Issacar, as suas gerações, pelas suas famílias, segundo as casas de seus pais, conforme o número dos nomes dos de vinte anos para cima, todos os que podiam sair a guerra, 29 os que foram contados deles, da tribo de Issacar, eram cinqüenta e quatro mil e quatrocentos. 30 Dos filhos de Zebulom, as suas gerações, pelas suas famílias, segundo as casas de seus pais, conforme o número dos nomes dos de vinte anos para cima, todos os que podiam sair a guerra, 31 os que foram contados deles, da tribo de Zebulom, eram cinqüenta e sete mil e quatrocentos. 32 Dos filhos de José: dos filhos de Efraim, as suas gerações, pelas suas famílias, segundo as casas de seus pais, conforme o número dos nomes dos de vinte anos para cima, todos os que podiam sair � guerra, 33 os que foram contados deles, da tribo de Efraim, eram quarenta mil e quinhentos; 34 e dos filhos de Manassés, as suas gerações, pelas suas famílias, segundo as casas de seus pais, conforme o número dos nomes dos de vinte anos para cima, todos os que podiam sair � guerra, 35 os que foram contados deles, da tribo de Manassés, eram trinta e dois mil e duzentos. 36 Dos filhos de Benjamim, as suas gerações, pelas suas famílias, segundo as casas de seus pais, conforme o número dos nomes dos de vinte anos para cima, todos os que podiam sair � guerra, 37 os que foram contados deles, da tribo de Benjamim, eram trinta e cinco mil e quatrocentos. 38 Dos filhos de Dã, as suas gerações, pelas suas famílias, segundo as casas de seus pais, conforme o número dos nomes dos de vinte anos para cima, todos os que podiam sair � guerra, 39 os que foram contados deles, da tribo de Dã, eram sessenta e dois mil e setecentos. 40 Dos filhos de Aser, as suas gerações, pelas suas famílias, segundo as casas de seus pais, conforme o numero dos nomes dos de vinte anos para cima, todos os que podiam sair � guerra, 41 os que foram contados deles, da tribo de Aser, eram quarenta e um mil e quinhentos. 42 Dos filhos de Naftali, as suas gerações, pelas suas famílias, segundo as casas de seus pais, conforme o número dos nomes dos de vinte anos para cima, todos os que podiam sair a guerra, 43 os que foram contados deles, da tribo de Naftali, eram cinqüenta e três mil e quatrocentos, 44 São esses os que foram contados por Moisés e Arão, e pelos príncipes de Israel, sendo estes doze homens e representando cada um a casa de seus pais. 45 Assim todos os que foram contados dos filhos de Israel, segundo as casas de seus pais, de vinte anos para cima, todos os de Israel que podiam sair � guerra, 46 sim, todos os que foram contados eram : seiscentos e três mil quinhentos e cinqüenta. 47 Mas os levitas, segundo a tribo de e seus pais, não foram contados entre eles; 48 porquanto o Senhor dissera a Moisés: 49 Somente não contarás a tribo de Levi, nem tomarás a soma deles entre os filhos de Israel; 50 mas tu põe os levitas sobre o tabernáculo do testemunho, sobre todos os seus móveis, e sobre tudo o que lhe pertence. Eles levarão o tabernáculo e todos os seus móveis, e o administrarão; e acampar-se-ão ao redor do tabernáculo. 51 Quando o tabernáculo houver de partir, os levitas o desarmarão; e quando o tabernáculo se houver de assentar, os levitas o armarão; e o estranho que se chegar será morto. 52 Os filhos de Israel acampar-se-ão, cada um no seu arraial, e cada um junto ao seu estandarte, segundo os seus exércitos. 53 Mas os levitas acampar-se-ão ao redor do tabernáculo do testemunho, para que não suceda acender-se ira contra a congregação dos filhos de Israel; pelo que os levitas terão o cuidado da guarda do tabernáculo do testemunho. 54 Assim fizeram os filhos de Israel; conforme tudo o que o Senhor ordenara a Moisés, assim o fizeram.
1 Disse o Senhor a Moisés e a Arão: 2 Os filhos de Israel acampar-se-ão, cada um junto ao seu estandarte, com as insígnias das casas de seus pais; ao redor, de frente para a tenda da revelação, se acamparão. 3 Ao lado oriental se acamparão os do estandarte do arraial de Judá, segundo os seus exércitos; e Nasom, filho de Aminadabe, será o príncipe dos filhos de Judá. 4 E o seu exército, os que foram contados deles, era de setenta e quatro mil e seiscentos. 5 Junto a eles se acamparão os da tribo de Issacar; e Netanel, filho de Zuar, será o príncipe dos filhos de Issacar. 6 E o seu exército, os que foram contados deles, era de cinqüenta e quatro mil e quatrocentos. 7 Depois a tribo de Zebulom; e Eliabe, filho de Helom, será o príncipe dos filhos de Zebulom. 8 E o seu exército, os que foram contados deles, era de cinqüenta e sete mil e quatrocentos. 9 Todos os que foram contados do arraial de Judá eram cento e oitenta e seis mil e quatrocentos, segundo os seus exércitos. Esses marcharão primeiro. 10 O estandarte do arraial de Rúben segundo os seus exércitos, estará para a banda do sul; e Elizur, filho de Sedeur, será o príncipe dos filhos de Rúben. 11 E o seu exército, os que foram contados deles, era de quarenta e seis mil e quinhentos. 12 Junto a ele se acamparão os da tribo de Simeão; e Selumiel, filho de Zurisadai, será o príncipe dos filhos de Simeão. 13 E o seu exército, os que foram contados deles, era de cinqüenta e nove mil e trezentos. 14 Depois a tribo de Gade; e Eliasafe, filho de Reuel, será o príncipe dos filhos de Gade. 15 E o seu exército, os que foram contados deles, era de quarenta e cinco mil seiscentos e cinqüenta. 16 Todos os que foram contados do arraial de Rúben eram cento e cinqüenta e um mil quatrocentos e cinqüenta, segundo os seus exércitos. Esses marcharão em segundo lugar. 17 Então partirá a tenda da revelação com o arraial dos levitas no meio dos arraiais; como se acamparem, assim marcharão, cada um no seu lugar, segundo os seus estandartes. 18 Para a banda do ocidente estará o estandarte do arraial de Efraim, segundo os seus exércitos; e Elisama, filho de Amiúde, será o príncipe dos filhos de Efraim. 19 E o seu exército, os que foram contados deles, era de quarenta mil e quinhentos. 20 Junto a eles estará a tribo de Manassés; e Gamaliel, filho de Pedazur, será o príncipe dos filhos de Manassés. 21 E o seu exército, os que foram contados deles, era de trinta e dois mil e duzentos. 22 Depois a tribo de Benjamim; e Abidã, filho de Gideôni, será o príncipe dos filhos de Benjamim. 23 E o seu exército, os que foram contados deles, era de trinta e cinco mil e quatrocentos. 24 Todos os que foram contados o arraial de Efraim eram cento e oito mil e cem, segundo os seus exércitos. Esses marcharão em terceiro lugar. 25 Para a banda do norte estará o estandarte do arraial de Dã, segundo os seus exércitos; e Aiezer, filho de Amisadai, será o príncipe dos filhos de Dã. 26 E o seu exército, os que foram contados deles, era de sessenta e dois mil e setecentos. 27 Junto a eles se acamparão os da tribo de Aser; e Pagiel, filho de Ocrã, será o príncipe dos filhos de Aser. 28 E o seu exército, os que foram contados deles, era de quarenta e um mil e quinhentos. 29 Depois a tribo de Naftali; e Airá, filho de Enã, será o príncipe dos filhos de Naftali. 30 E o seu exército, os que foram contados deles, era de cinqüenta e três mil e quatrocentos. 31 Todos os que foram contados do arraial de Dã eram cento e cinqüenta e sete mil e seiscentos. Esses marcharão em último lugar, segundo os seus estandartes. 32 São esses os que foram contados dos filhos de Israel, segundo as casas de seus pais; todos os que foram contados dos arraiais segundo os seus exércitos, eram seiscentos e três mil quinhentos e cinquenta. 33 Os levicampo consagrado; a possessão dele será do sacerdote. foram contados entre os filhos de Israel. 34 Assim fizeram os filhos de Israel, conforme tudo o que o Senhor ordenara a Moisés; acamparam-se segundo os seus estandartes, e marcharam, cada qual segundo as suas familias, segundo as casas de seus pais.
1 Outra vez entrou numa sinagoga, e estava ali um homem que tinha uma das mãos atrofiada. 2 E observavam-no para ver se no sábado curaria o homem, a fim de o acusarem. 3 E disse Jesus ao homem que tinha a mão atrofiada: Levanta-te e vem para o meio. 4 Então lhes perguntou: É lícito no sábado fazer bem, ou fazer mal? salvar a vida ou matar? Eles, porém, se calaram. 5 E olhando em redor para eles com indignação, condoendo-se da dureza dos seus corações, disse ao homem: Estende a tua mão. Ele estendeu, e lhe foi restabelecida. 6 E os fariseus, saindo dali, entraram logo em conselho com os herodianos contra ele, para o matarem. 7 Jesus, porém, se retirou com os seus discípulos para a beira do mar; e uma grande multidão dos da Galiléia o seguiu; também da Judéia, 8 e de Jerusalém, da Iduméia e de além do Jordão, e das regiões de Tiro e de Sidom, grandes multidões, ouvindo falar de tudo quanto fazia, vieram ter com ele. 9 Recomendou, pois, a seus discípulos que se lhe preparasse um barquinho, por causa da multidão, para que não o apertasse; 10 porque tinha curado a muitos, de modo que todos quantos tinham algum mal arrojavam-se a ele para lhe tocarem. 11 E os espíritos imundos, quando o viam, prostravam-se diante dele e clamavam, dizendo: Tu és o Filho de Deus. 12 E ele lhes advertia com insistência que não o dessem a conhecer. 13 Depois subiu ao monte, e chamou a si os que ele mesmo queria; e vieram a ele. 14 Então designou doze para que estivessem com ele, e os mandasse a pregar; 15 e para que tivessem autoridade de expulsar os demônios. 16 Designou, pois, os doze, a saber: Simão, a quem pôs o nome de Pedro; 17 Tiago, filho de Zebedeu, e João, irmão de Tiago, aos quais pôs o nome de Boanerges, que significa: Filhos do trovão; 18 André, Filipe, Bartolomeu, Mateus, Tomé, Tiago, filho de Alfeu, Tadeu, Simão, o cananeu, 19 e Judas Iscariotes, aquele que o traiu.