14 Minha pomba que está nas fendas da rocha,nos esconderijos, nas encostas dos montes,mostre-me seu rosto,deixe-me ouvir sua voz;pois a sua voz é suavee o seu rosto é lindo.