22 “Se homens brigarem e ferirem uma mulher grávida, e ela der à luz prematuramente,a não havendo, porém, nenhum dano sério, o ofensor pagará a indenização que o marido daquela mulher exigir, conforme a determinação dos juízes.b