4 Os que sem razão me odeiamsão mais do que os fios de cabeloda minha cabeça;muitos são os que me prejudicam sem motivo;muitos, os que procuram destruir-me.Sou forçado a devolver o que não roubei.