10 Como o cego caminhamos apalpando o muro,tateamos como quem não tem olhos.Ao meio-dia tropeçamos como se fosse noite;entre os fortes somos como os mortos.