29 “Ó Soberano, como prometeste,agora podes despedir em paz o teu servo.