20 No abrigo da tua presença os escondesdas intrigas dos homens;na tua habitação os protegesdas línguas acusadoras.