João 12:20-36

Jesus Prediz sua Morte

20 Entre os que tinham ido adorar a Deus na festa da Páscoa, estavam alguns gregos.
21 Eles se aproximaram de Filipe, que era de Betsaida da Galileia, com um pedido: “Senhor, queremos ver Jesus”.
22 Filipe foi dizê-lo a André, e os dois juntos o disseram a Jesus.
23 Jesus respondeu: “Chegou a hora de ser glorificado o Filho do homem.
24 Digo verdadeiramente que, se o grão de trigo não cair na terra e não morrer, continuará ele só. Mas, se morrer, dará muito fruto.
25 Aquele que ama a sua vida a perderá; ao passo que aquele que odeia a sua vida neste mundo a conservará para a vida eterna.
26 Quem me serve precisa seguir-me; e, onde estou, o meu servo também estará. Aquele que me serve, meu Pai o honrará.
27 “Agora meu coração está perturbado, e o que direi? Pai, salva-me desta hora? Não; eu vim exatamente para isto, para esta hora.
28 Pai, glorifica o teu nome!”Então veio uma voz dos céus: “Eu já o glorifiquei e o glorificarei novamente”.
29 A multidão que ali estava e a ouviu disse que tinha trovejado; outros disseram que um anjo lhe tinha falado.
30 Jesus disse: “Esta voz veio por causa de vocês e não por minha causa.
31 Chegou a hora de ser julgado este mundo; agora será expulso o príncipe deste mundo.
32 Mas eu, quando for levantado da terra, atrairei todos a mim”.
33 Ele disse isso para indicar o tipo de morte que haveria de sofrer.
34 A multidão falou: “A Lei nos ensina que o Cristo permanecerá para sempre; como podes dizer: ‘O Filho do homem precisa ser levantado’? Quem é esse ‘Filho do homem’?”
35 Disse-lhes então Jesus: “Por mais um pouco de tempo a luz estará entre vocês. Andem enquanto vocês têm a luz, para que as trevas não os surpreendam, pois aquele que anda nas trevas não sabe para onde está indo.
36 Creiam na luz enquanto vocês a têm, para que se tornem filhos da luz”. Terminando de falar, Jesus saiu e ocultou-se deles.