18 “Ó SENHOR, eu espero a tua libertação!