Poema da família de Asafe.

1 Povo meu, escute o meu ensino;incline os ouvidos para o que eu tenho a dizer.