147 Antecipo-me � alva da manhã e clamo; aguardo com esperança as tuas palavras.