82 Os meus olhos desfalecem, esperando por tua promessa, enquanto eu pergunto: Quando me consolarĂ¡s tu?