4 Eu chorava muito, porque não havia ninguém que fosse digno de abrir o livro e de olhar para ele.