5 E de novo, na passagem citada há pouco, diz: “Jamais entrarão no meu descanso”.