Salmos 52

Para o mestre de música. Poema de Davi, quando o edomita Doegue foi a Saul e lhe contou: “Davi foi à casa de Aimeleque”.

1 Por que você se vangloria do male de ultrajar a Deus continuamente?,aó homem poderoso!
2 Sua língua trama destruição;é como navalha afiada, cheia de engano.
3 Você prefere o mal ao bem;a falsidade, à verdade.
4 Você ama toda palavra maldosa,ó língua mentirosa!
5 Saiba que Deus o arruinará para sempre:ele o agarrará e o arrancará da sua tenda;ele o desarraigará da terra dos vivos.
6 Os justos verão isso e temerão;rirão dele, dizendo:
7 “Veja só o homemque rejeitou a Deus como refúgio;confiou em sua grande riquezae buscou refúgio em sua maldade!”
8 Mas eu sou como uma oliveiraque floresce na casa de Deus;confio no amor de Deuspara todo o sempre.
9 Para sempre te louvarei pelo que fizeste;na presença dos teus fiéisproclamarei o teu nome,porque tu és bom.