Joel 3

O Julgamento das Nações

1 “Sim, naqueles dias e naquele tempo,quando eu restaurar a sorte de Judá e de Jerusalém,
2 reunirei todos os povose os farei descer ao vale de Josafá.aAli os julgareipor causa da minha herança—Israel, o meu povo—;pois o espalharam entre as naçõese repartiram entre si a minha terra.
3 Lançaram sortes sobre o meu povoe deram meninos em troca de prostitutas;venderam meninas por vinho, para se embriagarem.
4 “O que vocês têm contra mim, Tiro, Sidom, e todas as regiões da Filístia? Vocês estão me retribuindo algo que eu fiz a vocês? Se estão querendo vingar-se de mim, ágil e veloz me vingarei do que vocês têm feito.
5 Pois roubaram a minha prata e o meu ouro e levaram para os seus templos os meus tesouros mais valiosos.
6 Vocês venderam o povo de Judá e o de Jerusalém aos gregos, mandando-os para longe da sua terra natal.
7 “Vou tirá-los dos lugares para onde os venderam e sobre vocês farei recair o que fizeram:
8 venderei os filhos e as filhas de vocês ao povo de Judá, e eles os venderão à distante nação dos sabeus”. Assim disse o SENHOR.
9 Proclamem isto entre as nações:Preparem-se para a guerra!Despertem os guerreiros!Todos os homens de guerra, aproximem-se e ataquem.
10 Forjem os seus arados,fazendo deles espadas;e de suas foices façam lanças.Diga o fraco: “Sou um guerreiro!”
11 Venham depressa, vocês, nações vizinhas,e reúnam-se ali.Faze descer os teus guerreiros, ó SENHOR!
12 “Despertem, nações;avancem para o vale de Josafá,pois ali me assentareipara julgar todas as nações vizinhas.
13 Lancem a foice,pois a colheita está madura.Venham, pisem com força as uvas,pois o lagar está cheioe os tonéis transbordam,tão grande é a maldade dessas nações!”
14 Multidões, multidõesno vale da Decisão!Pois o dia do SENHOR está próximo,no vale da Decisão.
15 O sol e a lua escurecerão,e as estrelas já não brilharão.
16 O SENHOR rugirá de Sião,e de Jerusalém levantará a sua voz;a terra e o céu tremerão.Mas o SENHOR será um refúgio para o seu povo,uma fortaleza para Israel.

Bênçãos para o Povo de Deus

17 “Então vocês saberão que eu sou o SENHOR, o seu Deus,que habito em Sião, o meu santo monte.Jerusalém será santa;e estrangeiros jamais a conquistarão.
18 “Naquele dia, os montes gotejarão vinho novo;das colinas manará leite;todos os ribeiros de Judá terão água corrente.Uma fonte fluirá do templo doe regará o vale das Acácias.
19 Mas o Egito ficará desolado,Edom será um deserto arrasado,por causa da violência feita ao povo de Judá,em cuja terra derramaram sangue inocente.
20 Judá será habitada para sempree Jerusalém por todas as gerações.
21 Sua culpa de sangue, ainda não perdoada,eu a perdoarei”.O SENHOR habita em Sião!